Investir em capacitação é sempre um bom negócio

Dando continuidade à campanha educativa “Motorista Exemplar”, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), por meio da Coordenadoria de Educação para o Trânsito, firmou parceria com o Sindicato das Empresas de Transportes e Cargas do Estado de Mato Grosso (Sindmat), para realizar nos neste mês de julho palestras de capacitação direcionadas aos condutores de veículos pesados de empresas com sede em Cuiabá.

A primeira capacitação ocorreu na empresa Águia Sul, no último dia 4. Foi abordado sobre condutas na direção para que motoristas evitem infrações, obedecendo às restrições da lei municipal que determina dias e horários de tráfego de veículos pesados em áreas urbanas. “A integração entre as entidades fortalece a cultura de prevenção e educação no trânsito, pois todos precisam trabalhar para promover a mudança de conduta. A Semob está de Parabéns. Esta é uma parceria importante para o setor”, disse Eleus Vieira de Amorim, presidente do Sindmat e proprietário da Águia Sul.

A capacitação acontecerá durante o período de expediente nas sedes das empresas que tiverem o interesse e se de cadastrarem para os cursos. O secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, disse que a iniciativa é de fundamental importância para as empresas que terão a possibilidade de reduzir as infrações cometidas por alguns dos motoristas. “Primeiramente, fazemos um trabalho de orientação com palestras e cursos destinados a este setor. Mas também realizamos as operações quando necessário para inibir as infrações”, disse Antenor.

Além das palestras, a Semob tem intensificado a blitz de fiscalização ao trânsito de caminhões e carretas. Em maio, a operação Carga Pesada notificou pelo menos 68 motoristas e empresas que desrespeitaram a legislação de trânsito.

Restrições

Na região central, só podem circular caminhões com no máximo 10 toneladas. Acima desta medida, apenas entre às 20h e 6h. Nos corredores das avenidas Fernando Corrêa e Miguel Sutil, é permitida a circulação de veículos com até 24 toneladas. Acima disso, somente no mesmo horário pré-estabelecido. Em casos onde as cargas transportadas são perecíveis, nitrogênio, concreto e gás, é necessário que haja uma Autorização Especial de Trânsito para circular nos pontos durante os horários de pico.